ATENDIMENTO 24H (11) 2815.0234
11 3136.0692 / 3136.0384


Dedetização de percevejo no Brás

Atendimento Imediato 24hs no Brás. Orçamento sem Compromisso.

Os percevejos de cama, que antes passavam despercebidos, atualmente são notados como grandes problemas no território brasileiro. Mas, a atuação negativa desses insetos não se limitam ao nosso país, já que outros países também já sentiram os impactos deles: se multiplicam com facilidade e eliminá-los não é uma tarefa muito simples. 

Por conta disso, a resolução desse problema se baseia na realização de vistorias com frequência, com o intuito de garantir tratamentos rápidos e eficientes para acabar com o problema logo após a detecção da infestação. 

Mas afinal, como é que esses insetos vivem?

Os percevejos de cama são insetos que se alimentam por meio de sangue de mamíferos, incluindo nós humanos. Eles são insetos capazes de transmitir doenças, mas no nosso país essa realizada felizmente ainda não é sentida na pele. A principal preocupação no que diz respeito às infestações envolvendo esse inseto se baseiam na própria alergia, irritação e o próprio desconforto de ter que dividir o próprio espaço com esses insetos, que picam que não causam dor, mas incomodam muito, além é claro da vermelhidão e da coceira intensa.

É claro que o tratamento nesse caso serve para acabar com a irritação, mas o desconforto de passar por isso várias vezes certamente é suficiente para que indivíduos procurem uma forma de desinfetar o ambiente, pela própria irritação ou pelo aparecimento de irritações de pele, como é o caso de eczemas por exemplo. Nesse caso, ajuda médica é necessária. 

A identificação do inimigo

Por ser um inseto de apenas 5mm de comprimento quando adulto, identificá-lo pode não ser assim tão simples. Antes da alimentação eles tem um aspecto mais achatado, oval e com uma tonalidade próxima do castanho claro. Após comerem, se tornam mais redondos e escuros.

Durante a noite eles são e acabam sendo atraídos pelo nosso corpo quente, além do próprio dióxido de carbono do ar que respiramos. Escondem-se durante o dia, e se abrigam nas costumas do colchão, atrás dos móveis do quarto ou até mesmo em pequenos esconderijos providenciados pelas estruturas das camas. 

A melhor forma de perceber a atuação desses insetos é por conta de manchas escuras na roupa de cama, ocasionadas pelas excreções dos percevejos. Mas, tome cuidado, pois ao chegar nesse ponto significa que a infestação é séria. O cheio desagradável também ajudará você a definir se tem uma infestação de percevejos na sua cama.

Por mais simples que pareça identificá-los por conta das picadas, não é. As picadas podem ser também provenientes de outros insetos, como os pernilongos, e a própria reação do nosso corpo é diferente. 

Sobre as picadas 

As picadas dos percevejos de cama não são tão fortes, e por conta disso, dificilmente acordarão o indivíduo em questão. Os lugares preferidos dos insetos são aqueles próximos a vasos sanguíneos, na própria superfície da pele. Vale lembrar que o percevejo pode picar o mesmo local várias vezes, e se você for picado em diferentes áreas o sinal é de que a sua cama já esteja empestada desses monstrinhos.

Pequenas marcas de sangue no lençol podem indicar o aparecimento dos percevejos de cama.

Como começa

Uma infestação começa por um único percevejo, que pode entrar em alguma peça de roupa, em malas de viagens ou até mesmo em móveis, principalmente em épocas de mudanças. Assim, esses insetos se fixam em malas e roupas, e são transportados para casa junto com você.

O que fazer em casos de infestação de percevejos de cama

Ao notar uma infestação na sua casa, tenha o máximo cuidado para não aumentá-la, levando roupas e móveis para casas de outros familiares e amigos. 

Depois, a eliminação ocorre por meio de níveis de higiene altamente elevados, assim como realização de limpezas fortes e profundas. Os inseticidas comuns, de início, podem até auxiliar na hora de manter esses insetos longe por um tempo, mas a exclusão total de uma infestação não é possível unicamente com o auxílio deles, e é por conta disso que se torna necessário contar com ajuda profissional nesse caso.

Se você desconfia que a sua casa ou o seu único quarto está infestado com percevejos de cama, não perca mais tempo e evite riscos: conte com o auxílio da Protec Pragas. A empresa possui uma equipe altamente especializada na proteção contra esses insetos e muitos outros. 

De início, você já pode realizar um orçamento sem qualquer compromisso, e a Protec Pragas se compromete em visitar a sua empresa para a realização de vistorias e detecção de áreas que estão afetadas pelos percevejos de cama ou até mesmo outros insetos e pragas domésticas. 

Agora que você já sabe o que são os percevejos de cama, como detectar uma infestação, como identificar esses insetos e até mesmo as consequências de suas picadas, o que você ainda está esperando para contatar uma empresa experiência quanto o assunto é dedetização de percevejos de cama? Não perca mais tempo e não corra mais riscos desnecessários dividindo o seu espaço com esses insetos: conte com o auxílio da Protec Pragas, realizando um orçamento por meio do nosso site sem qualquer compromisso.

Ao realizar a dedetização dos percevejos de cama, você fica muito mais seguro na sua própria casa, oferecendo é claro maior conforto parra os seus familiares e até mesmo para o seu cachorro, gato ou outro animal de estimação de convívio.

Brás é um distrito situado na região central da cidade brasileira de São Paulo, a leste do chamado centro histórico da capital paulista. Apesar de sua posição geográfica, pertence à Região Administrativa Sudeste, visto que o bairro integra a subprefeitura da Mooca.

Atualmente, trata-se de uma região muito conhecida no Brasil pelo comércio de roupas, especialmente nas imediações do Largo da Concórdia e da rua Oriente. Em sua área, possui também um grande número de galpões e plantas industriais desativadas.

O distrito é atendido pela Linha 3 (Vermelha) do Metrô de São Paulo e pelas linhas 10, 11 e 12 da CPTM.

O distrito é atendido por 3 linhas da CPT

O nome "Brás", vem do proprietário das terras onde se formou, que se chamava José Brás, que se tornou um benemérito.

Nas terras de José Brás foi erguida na segunda metade do século XVIII a Igreja do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em torno da qual formou-se a povoação. Em 1769 a câmera de vereança cita oficialmente o nome de José Brás ao determinar a construção de "pontes entre o caminho de José Brás até a chácara do Nicolau". Não se sabe o destino da construção inicial, uma vez que em 05 de abril de 1800 a Câmara Eclisiástica de São Paulo recebe solicitação do tenente-coronel José Correia de Morais para edificar uma Capela ao Senhor Bom Jesus de Matosinhos. A dedução é que foi a reedificação da Capela original. Em 08 de junho de 1818 a capela foi elevada a Freguesia por decreto de D. João VI. Seus limites eram: ao norte o Rio Tietê, ao sul São Bernardo, a leste a paróquia da Penha de França e a oeste a Sé. A Imperatriz Teresa Cristina hospedou-se em 1846 em um sobrado localizado no Largo do Brás e na época houve sugestões para que fossem instalados 6 lampiões de luz na Freguesia do Brás. Havia algumas chácaras que produziam vinhos, licores e cervejas, além de fábrica de estribos e caçambas e oficinas de seleiros. No dia 1º de janeiro de 1874 o Correio Paulistano anunciava que no Estabelecimento Hortículo de São Paulo, de J. Joly, estavam à venda mudas de Eucalyptus globulos.2 .

Contudo, outros autores atribuem uma origem diferente para o nome Brás. Paulo Cursino de Moura (1897-1943) afirma que o nome da região deve-se a Brazílio de Aguiar Castro, proprietário da Chácara do Ferrão herdada de sua mãe, Domitila de Castro e Canto Melo (1797-1867), a Marquesa de Santos que, por sua vez, a recebeu como espólio com o falecimento do seu marido, o Brigadeiro Tobias (1795-1857).3

O Brás desenvolveu-se em torno da igreja de Bom Jesus do Brás, e era, até o início do século XX, dividido em dois bairros distintos: Brás (mais próximo ao que hoje é o centro de São Paulo), e Marco (abreviatura de Marco de Meia Légua), que ficava na região onde hoje existe a Estação Bresser-Mooca do metrô.

Tornou-se no início do século XX uma referência de bairro da comunidade italiana (comemoração das festas de Nossa Senhora de Casaluce e São Vito), e da comunidade grega (com a Igreja Ortodoxa Grega), comunidade armênia, com forte presença de indústrias (especialmente próximo às ferrovias) e madeireiras (região da rua do Gasômetro).

 

Com o tempo essas características foram-se modificando, com o aumento do contingente de nordestinos na região próxima ao Largo da Concórdia, ponto em que operava a estação terminal da Estrada de Ferro Central do Brasil.

Atualmente é um distrito essencialmente voltado à indústria e ao comércio de confeções com forte destaque ao comércio de jeans no atacado e também de moda infanto juvenil,destacando-se ainda a grande concentração de lojas especializadas na venda de enxovais e produtos para gestantes e bebês. Possui forte presença das comunidades coreana e boliviana. A presença de um comércio de características populares também é grande, especialmente nas avenidas Rangel Pestana e Celso Garcia, por serem tradicionais vias de passagem de moradores da Zona Leste que trabalham no Centro da cidade.

 

 







© 2016 Protec Pragas desentupidora e dedetizadora e Controle de Pombos
Todos os direitos reservados.
Nos sigam